Arquivos

Cores- Significados

Para que você  que acredita ou quer saber um pouquinho sobre as cores e significados!

A cor amarela significa luz, calor, descontração, otimismo e alegria. O amarelo simboliza o sol, o verão, a prosperidade e a felicidade. É uma cor inspiradora e que desperta a criatividade. Estimula as…

Significado da Cor AzulA cor azul significa tranquilidade, serenidade e harmonia, mas também está associada à frieza, monotonia e depressão. Simboliza a água, o céu e o infinito. É a cor da realeza (sangue azul) e da aristocracia….

Significado da Cor BrancaA cor branca significa paz, pureza e limpeza. É também chamada de “cor da luz” porque reflete todas as cores do espectro. A cor branca reflete todos os raios luminosos proporcionando uma clareza total. O branco é…

Significado da Cor LaranjaA cor laranja significa alegria, vitalidade, prosperidade e sucesso. É uma cor quente resultado da misturas das cores primárias vermelho e amarelo. Está associada à criatividade, pois o seu uso desperta a mente…

Significado da Cor PretaA cor preta consiste na cor mais escura de todo o espectro das cores e simboliza respeito, morte, isolamento, medo, solidão. A cor preta pode ser obtida através da mistura das três cores primárias: vermelho…

Significado da Cor RoxaA cor roxa (ou púrpura) está ligada ao mundo místico e significa espiritualidade, magia e mistério. O roxo transmite a sensação de tristeza e introspecção. Estimula o contacto com o lado espiritual,…

Significado da Cor VerdeA cor verde significa esperança, liberdade, saúde e vitalidade. O verde simboliza a natureza, o dinheiro e a juventude. É cor da natureza viva. Está associada ao crescimento, à renovação e à plenitude. O…

Significado da Cor VermelhaA cor vermelha significa paixão, energia e excitação. É uma cor quente. Está associada ao poder, à guerra, ao perigo e à violência. O vermelho é a cor do elemento fogo, do sangue e do coração humano….

Significado de Cor-de-rosaCor-de-rosa significa romantismo, ternura, ingenuidade e está culturalmente associada ao universo feminino. Aliás, outras características como beleza, suavidade, pureza, fragilidade e delicadeza manifestadas pela…!”

Anúncios

Enquete

Gostaria que você respondesse , porquê as mulheres dos nossos dias estão ficando cada vez , “CARECAS”? Gostaria muito de ler sua resposta!

BEM ESTAR , REDE GLOBO

Saiba melhor forma de alisar cabelo com escova, chapinha ou química

Bem Estar desta terça (18) falou sobre cachos, hidratação e formol.
Consultora Márcia Purceli e cabeleireiro Bruno Fernandes participaram.

Do G1, em São Paulo

179 comentários

Cabelo liso é, em geral, preferência das brasileiras. Para domar os fios ondulados ou cacheados, a maioria das mulheres opta pelo alisamento, seja com escova, chapinha ou produtos químicos.

O problema é que, quando em excesso ou malfeito, esse processo pode danificar as madeixas, deixando-as com um aspecto de palha, fracas e quebradiças.

Para explicar melhor o que ocorre no alisamento, destacar a importância da hidratação e por que o formol foi proibido no país para aplicação no cabelo, o Bem Estar desta terça-feira (18) contou com a presença da dermatologista Márcia Purceli e do cabeleireiro Bruno Fernandes. Eles deram dicas para usar chapinha, modelador de cachos ou secador, que precisa ficar a uma distância de 5 cm a 7 cm dos fios.

Escova progressiva
Esse método tem o reforço de produtos químicos, que desfazem microestruturas do cabelo e fecham as escamas dos fios, o que permite que eles fiquem lisos e com menos volume por mais tempo. O uso de calor garante esse resultado. Quanto mais fino for o cabelo, porém, menor deve ser a temperatura.

Muitas pessoas acham que a progressiva só pode ser feita com formol, mas hoje o mercado já oferece produtos à base de aminoácidos, como a cisteína ou ácidos orgânicos, que promovem mais hidratação e oferecem resultados mais saudáveis e seguros.

Dica: respeite um intervalo de tempo médio de três meses para repetir a aplicação e mantenha os fios sempre hidratados.

Escova definitiva
Nesse processo, são usados produtos químicos mais fortes (como o tioglicolato de amônio), que alteram definitivamente a estrutura dos fios. Assim, eles ficam lisos mesmo depois de lavados.

Uma vez feita, a escova definitiva precisa apenas de um retoque na raiz, em média a cada quatro meses. O resultado é melhor quando aplicado em cabelos virgens ou que foram coloridos com tinturas suaves.

Dica: não combine a escova definitiva com outro tipo de química.

PESQUISA

Dermatologista - Clínica Denise Steiner - Dermatologia Dermatologista - Clínica Denise Steiner - Dermatologia
Dermatologista - Clínica Denise Steiner - Dermatologia
Dermatologista - Clínica Denise Steiner - Dermatologia

:: Perguntas e Respostas – Escovas Progressivas

■ Como o formol age no cabelo e o que acontece com o fio após a exposição a essa substância? O formol pode “destruir” o fio?

A cutícula é a camada mais externa do cabelo que faz a proteção do fio, elas sec coloca como escamas uma encaixada uma nas outras evitando evita com que as agressões externas possam interferir o fio em sua profundidade. Quando a cutícula é agredida ao longo do tempo pelo sol, por poluentes, produtos químicos etc.. a cutícula vai descolando e o cabelo vai ficando com o aspecto mais ressecado e com pontas duplas.

O formol teria a capacidade de restaurar a anatomia correta da cutícula, ou seja, colar essa cutícula, à medida que isso ocorre e o fio fique protegido novamente o cabelo ficará com aspecto mais brilhante e saudável.

O formol em geral não destruiria o fio, mas se forem feitas aplicações repetidas às vezes pode haver uma quebra desse fio devido o excesso dessa cola.

■ Por que era preciso ficar sem lavar o cabelo para que o produto agisse?

È necessário ficar sem lavar o cabelo para que o produto haja, ele precisa de um tempo para produzir a ligação que vai colar a cutícula, se houver penetração de água antes que isso ocorrerá essa função não será concretizada.

■ A quantidade permitida pela Anvisa, 0,2%, também tem o poder alisar os fios ou ele age mais como conservante?

A quantidade permitida da ANVISA de 0,2% não consegue ter uma função no alisamento dos fios porque é muito pouco para fazer a função de cola na cutícula. Então o formol agirá apenas como conservante nessa concentração.

■ Quais as conseqüências para o organismo do uso dessa substância?

As conseqüências para o organismo do uso dessa substância não são previsíveis, é uma substância tóxica que pode causar desde alergia até irritação das mucosas com também até ser uma substância carcinogênica ao longo do tempo.

Dra. Denise Steiner – CRM 36.505
Médica formada pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo
Residência no Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo
Doutora em Dermatologia pela UNICAMP
Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia – SBD
Membro da Academia Americana de Dermatologia – AAD
Membro da Sociedade Internacional de Dermatologia – IACD
Professora Titular da disciplina Dermatologia da Universidade de Mogi das Cruzes
Diretora da Biblioteca da Sociedade Brasileira de Dermatologia – SBD Nacional
Delegada Brasileira do Colégio Ibero Latino Americano – CILAD
Coordenadora do Capítulo de Dermatologia Cosmética do Colégio Ibero Latino – CILAD
Editora da área de Cosmiatria da Revista Surgical and Cosmetic Dermatology

 

 

 

 

 

A Naomi Ficou Careca?

Por: Ju Lopes em: 11/08/2012 em: Cabelos.

Careca ?

Depois que o jornal Daily Mail deu o flagra, o cabelo (ou a falta de)  da Naomi Campbell   transformou-se em assunto da semana.

Como se pode ver nas fotos abaixo, a modelo aparece um o cabelo preso em um rabo de cavalo para trás, e exibindo uma suposta calvície  bem aparente na parte da frente.

O boato que correu solto era de que ela ficou careca devido ao uso incessante de alongamentos capilares.

Desktop40 A Naomi Ficou Careca?

Careca Proposital!

Acontece que a “careca” da Naomi é proposital!

Isso mesmo, ela raspa o cabelo natural para colocar no lugar a micro look, que é uma prótese de silicone de uso individual que funciona como uma espécie de peruca.

Essa técnica, que custa entre 2 e 5 mil dilmas, é bastante utilizada em pessoas que passaram por tratamentos quimioterápicos e radioterápicos.

Micro Look

A micro look é colada no couro cabeludo e não prejudica a saúde nem os cabelos .

Desktop41 A Naomi Ficou Careca?

Essa espécie de peruca é feita de cabelos naturais, que são fixados em próteses de silicone moldadas de acordo com a cabeça da pessoa que vai usá-la.

A parte ruim é que, inicialmente,  dura apenas 1 mês na cabeça, mas é possível retirá-la para limpar  e recolocá-la  novamente, chegando a permanecer por até 3 meses na cabeça.

A parte boa é que dá pra exibir o corte que quiser e mudar de visu várias vezes seguidas, sem restrição de uso.

E pra quem acha que só a Naomi é adepta, vale lembrar que várias celebs, como a Beyoncé, utilizam a técnica.

  • naomi careca
  • modelo que ficou careca
  • ficou careca depois de fazer escova progressiva
  • modelo fica careca
  • modelo fica careca por causa de alongamento
  • naomi campbell dos eua que ficou careca por causa do alisamento
  • peruca capilar feminina
  • reportagem com modelo que ficou careca com alongamento essa semana

Tenho observado muitas de minhas pacientes relatando que ainda fazem escovas progressivas com formol. Muitas deles chegam chorando em minha clínica reclamando que seus cabelos estão feios e quebradiços. Relatam ainda que sempre usaram formol. Usam há anos. E nunca tiveram nada de problemas. Chegam até a dizer categoricamente que certamente não foi o formol que causou danos aos seus cabelos (na verdade, quando usam este argumento é porque querem acreditar que não foi o formol que causou danos e querem que eu também acredite nisto).

Logo no início da consulta sempre pergunto porque insistem no método mesmo sabendo que está proibido. Utilizo o argumento de que faz mal para a saúde delas mesmas e mais ainda para a saúde dos cabeleireiros que cedem aos apelos das clientes para fazer este tipo de procedimento.
Vejo em uma boa parte das pacientes uma tendência a crer que apenas a escova progressiva batizada com formol deixa seus cabelos de um jeito que entendem que fica mais bonito. Esquecem dos riscos já anunciados aos 4 vendos por todas as associações que regulamentam o uso de produtos cosméticos e químicos sobre os males deste tipo de ingrediente. Nós médicos, de nossa parte também não deixamos de orientar e de argumentar a favor da segurança e da saúde, mas parece que não somos escutados.
Na sexta-feira, dia 19 de agosto, postei imagens de cabelos tratados com formol no neste blog (quem quiser acessar, basta clicar no link: Sequência de fotos de cabelos danificados pelo formol. As imagens postadas servem para alertar àquelas que pensam que o formol apenas embeleza sobre o fato de que a sequência de uso deste tipo de produto certamente fará mal em algum momento.
E não adianta pensar que isto nunca vai acontecer com você que insiste em usar formol para alisar o cabelo. Aquelas que chegam na clínica dizendo que fazem escova progressiva com formol há anos e nunca teve problemas, quando avaliadas normalmente apresentam sinais de que o dano interno da fibra já ocorreu e que o dano externo é iminente. É questão de tempo para que este cabelo fique destruido pelo formol.
Do ponto de vista da saúde como um todo. Já vimos uma enormidade de casos divulgados pela mídia de clientes de salão que foram parar no hospital por conta do formol. Intoxicadas e com sérios problemas respiratórios, oculares e sistêmicos. E isto porque a cliente fica exposta pouquíssimo tempo ao produto. Agora imaginem os cabeleireiros que ainda utilizam o formol em seus salões. Estes podem até estar satisfazendo a vontade de suas clientes e se beneficiando com o lucro fácil que vem de um movimento de clientes que ainda se submentem a este procedimento. Mas poderão não ter saúde no futuro para gozar deste dinheiro fácil, uma vez que a continuação do uso do formol cobrará um preço caro por terem sido profissionais que não seguiram às recomendações da ANVISA e de todas as associações médicas que tinham como objetivos evitar riscos e protege-los. Para finalizar este argumento, não pense que aquela mascarazinha colocada com o intuito de evitar a inalação do vapor do formol é suficiente. Não é! Quem usa está correndo risco do mesmo jeito e muito mais do que as clientes que se submentem ao procedimento a cada 2 a 3 meses.
Vou fazer uma afirmação importante aqui: Irresponsáveis os clientes que insistem em pedir escova com formol e os cabeleireiros que cedem a estes pedidos ou que batizam produtos de alisamento com este composto.
Não. Eu não estou sendo exagerado. Só estou querendo ser escutado, uma vez que minhas afirmações podem até chocar, mas visam o bem estar e a saúde de clientes e profissionais cabeleireiros. Quem tiver ouvidos para ouvir que ouça.
Sigo com a campanha: NÃO USE FORMOL PARA ALISAMENTO CAPILAR

Em tempo, a ANVISA permite 0,2% de formol como conservante. Mais que isto é crime!

Outros posts sobre escova progresiva com formol publicadas neste blog:

Escova Progressiva sem Formol – Dá para acreditar?

PROGRESSIVAS

“Dossiê da escova progressiva

NOVA foi investigar o que faz uma escova progressiva dar certo ou errado. Veja como ter um cabelo liso e bonito!

Atualizado em 25/06/2012

Reportagem: Sandra Hirata, Clara Dias e Estela Galizia – Edição: MdeMulher

Conteúdo do site NOVA

Escova progressiva sem riscosTudo o que você precisa saber para fazer uma escova progressiva sem riscos
Foto: Getty Images

Com tantas mulheres querendo dar um ponto final à guerra contra os fios rebeldes, era de esperar que explodissem no Brasil as ofertas de tipos de escova. Algumas com nomes inimagináveis, como mostramos no quadro abaixo. O acesso à técnica cresceu para o bem e para o mal. Quem nunca ouviu falar de uma amiga que experimentou e acabou quase careca? Foi o que aconteceu com uma paciente do médico tricologista Luciano Barsanti, do Instituto do Cabelo, em São Paulo. “Ela ganhou falhas violentas na cabeça depois de fazer uma progressiva. Na fórmula havia glutaral, substância tóxica que pode provocar de queda e queimaduras a pneumonia química (pois a inalação causa lesões graves no pulmão). Infelizmente, a moça não sabia que esse veneno, também chamado de glutaraldeído, é proibido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em concentrações superiores a 0,1%. Atenção!

Mal me quer

Não bastasse o glutaral, outro vilão da vaidade e da saúde feminina é o já combatido formol. Pois saiba que ele continua na ativa, por baixo do pano, para dar o famoso efeito liso da progressiva em qualquer tipo de cabelo. A partir de junho de 2009, proibiu também sua comercialização em farmácias, supermercados e lojas de artigos hospitalares. Mas, numa pesquisa rápida em sites de busca na internet, é fácil conseguir um frasco de formol estabilizado a 37% e ainda receber pelo sistema delivery. Não caia nessa roubada: o formol provoca sérios problemas de saúde e é considerado cancerígeno pela Organização Mundial da Saúde!

Bem me quer

Ficando esperta para não arriscar um fio de cabelo com os traiçoeiros formol e glutaral, você pode, sim, ser bem-sucedida em seu projeto “Quero ser lisa”. Para saber o que funciona, evitando frustrações, veja o que orientam estes especialistas para cada tipo de cabelo.

Para quem quer transformar ondulados em flat

Após a regulamentação do formol, fabricantes e salões passaram a oferecer escovas progressivas feitas com substâncias menos agressivas, como aminoácidos, queratina, polivitamínicos e substâncias hidratantes (ureia, por exemplo). Nessas, a escova seguida da prancha rompe as pontes de hidrogênio que dão forma aos fios; depois, a queratina e os demais ingredientes religam essas pontes, dando o efeito liso temporário por cerca de dois a três meses. “O cabelo também ganha brilho e cara de saudável, pois os ingredientes hidratantes preenchem as falhas causadas por químicas e agressões”, explica Régis Feitosa, do salão De La Lastra, em São Paulo. Ele indica esse tipo de escova para quem tem cabelo ondulado rebelde, com frizz, volume acentuado e danificado por reflexos, colorações. Régis não recomenda a técnica para quem já tem cabelo liso e virgem, pois o efeito chapado sai rapidamente.

Para deixar os cachos mais soltinhos e brilhantes

Se você leva horas para domar suas molinhas no dia a dia, pode tentar as progressivas que soltam os cachos, deixando-os mais abertos, e disciplinam o frizz. Importante: elas não deixam aquele liso chapado, apenas domam o volumão com competência. O cabeleireiro Sergginho Bianchi, do salão Centro de Beleza, em Caxias do Sul (RS), indica as que levam queratina hidrolisada combinada com ingredientes hidratantes e acidificantes para selar as cutículas. Além disso, essas revitalizam fios sensibilizados por química, que ganham maleabilidade e brilho. O efeito dura de dois a três meses.

Para ter crespos alisados para sempre

Fique esperta se oferecerem uma progressiva de queratina, aminoácidos e formol aparentemente dentro da lei (0,2%) para alisar afro e crespo. “Nesse caso, ela apenas reduz o volume. Se ficar lisinho, é sinal de que a fórmula tem ou níveis mais altos de formol ou outra substância não informada”, revela Régis. Para ganhar fios como cordas de violão desde a raiz, só mesmo com as substâncias permitidas pela Anvisa: hidróxidos de sódio e de cálcio, guanidina ou tioglicolato de amônia. E mais: o cabeleireiro Willian Silva, do salão Pedro Paulo, no Rio de Janeiro, indica o alisamento definitivo (veja quadro) com tioglicolato de amônia, mesmo para coloridos e com mechas.

Atitudes antienrolação

Conversa franca

Faça uma pesquisa para descobrir se o profissional é especializado em química. Afinal, o sucesso também depende da habilidade e do conhecimento dele em lidar com a chapa (que deve ter termostato para manter a temperatura em 180 graus). Converse com o cabeleireiro antes de se decidir. Exponha suas expectativas – “Odeio quando fica armado” ou “Sonho com um liso chapado”, por exemplo – e tire todas as dúvidas sobre a escova que ele sugerir para o seu caso.

Tem formol?

Pergunte na lata ao cabeleireiro. Se sim, confirme se não passa de 0,2%. Verdade que nessa concentração a substância age só como conservante – não alisa.

De olho no rótulo

Peça para ver a embalagem do produto e verifique se há a sigla da Anvisa (Reg. Anvisa) ou do Ministério da Saúde (Reg. MS) seguida do número de registro, com nove ou 13 dígitos. Veja ainda se há glutaral (mais do 0,1%). Em caso positivo, saia correndo e depois denuncie. “Observe também se o produto apresentado é o mesmo colocado em seu cabelo”, recomenda o tricologista Luciano Barsanti.

O teste da mecha

É obrigatório para todo tipo de alisamento e deve ser feito numa mechinha da parte de trás da cabeça dois a três dias antes”, recomenda o dermatologista e tricologista Ademir Júnior, de São Paulo. Por meio dele, o cabeleireiro verifica se os fios resistem ou não à química – crucial para evitar problemas como a queda. Naqueles tratados com hidróxidos de sódio e guanidina litium ou muito danificados por escovas progressivas, o teste da mecha é ainda mais essencial se a intenção for a escova definitiva.

Para todos os tipos e desejos

Seja qual for a escova escolhida, para manter o movimento e o brilho, vale usar depois xampu com pH ácido, que agride menos os fios, aumentando a duração da progressiva. É importante fazer máscara semanal e, quando possível, hidratar no salão.

Vale denunciar

Fez e se deu mal porque a escova continha uma fórmula ilegal? “Muita gente não faz a denúncia por receio ou vergonha, mas apenas os estabelecimentos podem ser punidos”, explica Raquel Bittencourt, diretora da Vigilância Sanitária de Santa Catarina. “A cliente não tem o que temer.” Envie sua denúncia para o e-mail cosmetovigilancia@anvisa.gov.br.

Progressiva x Definitiva

Na primeira o alisamento é temporário, por atuar na camada superficial do cabelo, e sai com as lavagens (dura em média dois ou três meses). Nas novas fórmulas, suas substâncias hidratantes e principalmente a queratina preenchem a massa perdida, selam as cutículas e encapam cada fio, ficando menos armado. Já a definitiva atua na estrutura capilar, mudando a forma original do fio. O efeito liso só sai com o corte. E exige retocar a raiz conforme o crescimento.

Escova de quê?

Pipocam no país progressivas com nomes engraçados, esquisitos… Em alguns casos, fazem referência ao ingrediente para hidratar o fio; em outros, ao país de origem da substância principal; fora os que evocam o aroma exalado.”